RSS

Arquivos mensais: Fevereiro 2010

Mais uma daquelas lesões que arrepiam

Anúncios
 
Deixe o seu comentário

Publicado por em 28/02/2010 em Arrepiante

 

Etiquetas: , ,

Papaste a minha gaja, então ficas de mão estendida

John Terry VS Wayne Bridge

 
Deixe o seu comentário

Publicado por em 27/02/2010 em A magia do Futebol

 

Etiquetas:

Telmo Miranda – Ela é Made in Portugal

 
Deixe o seu comentário

Publicado por em 26/02/2010 em Sonoro Nacional

 

Sagrrrr Shop

Depois da bica cheia e da “italiana”, Chegou ao mundo dos cafés mais uma inovação…

Um indivíduo, chega a uma pastelaria e diz:

– Quero um café à Sporting!

O empregado, estupefacto, pergunta:

– À Sporting ?? Como é que eu tiro isso?

– É fraquinho, fraquinho, muito fraquinho…

 
 

Etiquetas: ,

Arranhí Pacanherra – Anda Cómig

Primeira música romântica escrita em Algarvio

Letra:

Naquel dia olhê pra ti
E fiquê lóg aparvalhád.
Tive dir lóg até ali
Pa despairecer um bucád.

Fui à rua ganhar coragem
Pa conseguir ir ter contig
Porque tu és uma paisagem
Com flor de amêndoa e de fig.

Preguntê-te seras soltêra
E tu dissestes-me que sim.
Fiz esta música purrêra
Pa saber se gostas de mim.

Mé Dés do céu és même boa
E tamém és buéda gira.
Pensand em ti tô semp à toa
E o meu olhar até revira.

Anda cómig até além,
Que eu levo-te a casa despois.
Compro-te um pastel de Belém
Pa dividirmos entre os dois.

Sou pobre como tu já viste,
Mas tenho muito amor pra dar.
Toma este cruassante miste,
Até posso pô-lo a tostar
Por ti faço tudo por ti.

Prálém de seres boa e bonita,
És simpática e inteligent,
Tens um cabelo bué catita
E um sorriso Pepsodent.

Vê também que eu sô bom moço:
Na fumo, na bebo nem tou na droga,
Tenho cócigas no pescoço,
Sou do Benfica e já fiz yoga.

Gosto de ti mesmo bués.
Posso ser o teu samurai.
Gosto tanto que se quisés
Posso ir falar com o teu pai.

Mas eu sou um bocado lento
E é normal que não me queiras.
Tenho um emprego pachorrento:
Entrego a Dica às quartas-feiras.

Mas vem cómig até além
Peu te mostrar que valho a pena.
Sem ti eu sou um Zé-ninguém,
Contigo sou o Ayrton Senna.

És a mulher da minha vida,
Faço tudo pra te merecer:
Passo a ferro e faço comida
E até posso falecer
Por ti faço tudo por ti.

Para mais músicas consultem o blog dos Arranhí Pacanherra

 

Mais uma pérola do youtube

 
Deixe o seu comentário

Publicado por em 23/02/2010 em Youtube no seu melhor

 

Etiquetas:

Anedota do dia

Um bêbado entra num autocarro e desata numa grande gritaria:
– Estes maricas aqui à minha frente são todos rotos! Os desgraçados aqui atrás são todos cabrões!
Os merdas aqui ao meu lado são todos filhos da p……!
O motorista, indignado com a conversa, faz uma travagem brusca, as pessoas desequilibram-se, levanta-se e agarra o bêbado pelos colarinhos e ameaça:
– Quem é roto e cabrão aqui?
Responde o bêbado de mansinho:
– Não sei. Agora, com a travagem, misturaste-os todos…

 
Deixe o seu comentário

Publicado por em 23/02/2010 em Anedotas