RSS

Arquivos mensais: Julho 2010

E eles voltam a atacar

“O Stjarnan, clube modesto da Islândia, arrisca-se a ficar famoso, não pelo brilhante futebol que pratica, mas pela forma original como celebra os seus golos. Depois de uma grande pescaria, o avançado Bjornsson voltou a atacar. Sim, a palavra está correcta, é mesmo atacar.

O jogador da equipa islandesa não quis, desta vez, ir à pesca e decidiu entrar numa cena de um filme de acção, encarnando a pele de uma figura mítica dos grandes ecrã¿ Rambo.

Bjornsson, depois de facturar novamente, correu em direcção dos seus colegas e com alguns socos e tiros derrubou os jogadores do Stjarnan, não deixando ninguém «vivo» na sua equipa. Fica a dúvida… Depois do peixe e do Rambo, o clube da Islândia vai continuar a surpreender?”

Fonte maisfutebol

Anúncios
 
1 Comentário

Publicado por em 30/07/2010 em A magia do Futebol

 

“boa noite, hoje não hà frango à roberto”

Conversas em off dos comentadores da Sportv que rápidamente foram parar ao youtube… o Roberto deve ter ficado com as orelhas a arder de tanto gozo que levou

 
Deixe o seu comentário

Publicado por em 28/07/2010 em Youtube no seu melhor

 

Melhor festejo de sempre

 

Sabedoria de Pai…

O pai e o filho estão no bar a conversar, quando no meio das conversas
de futebol, o filho diz:
– Pai, vou divorciar-me da minha mulher. Há seis meses que ela não fala comigo.

O pai fica em silêncio durante uns momentos, bebe mais um golo da cerveja e diz:
– Pensa melhor nisso. Mulheres assim são difíceis de arranjar…

 
Deixe o seu comentário

Publicado por em 28/07/2010 em Anedotas

 

Se a moda pega!!!

O checo Antonín Panenka ficou mundialmente famoso pelo penalty que apontou na final do Euro 76, frente à Alemanha. Não tanto pelo resultado prático do mesmo, que até entrou e deu o título à Checoslováquia, mas pela forma como chutou. Quando, na altura, todos rematavam em força, Paneka fê-lo em jeito, levantando ligeiramente a bola e enganando por completo o histórico Sepp Maier.

O mediatismo do lance foi tal que, a partir daí, sempre que um penalty é cobrado daquela forma (e já não são raras as vezes!) fala-se em «penalty à Panenka». Pois bem, a partir de agora talvez seja altura de se começar a falar em «penalty à Ezequiel».

O jovem espanhol Ezequiel Calvente destacou-se com o penalty apontado à Itália no Europeu sub-19 que valeu o terceiro tento para a sua equipa. Tomou balanço, correu para a bola e todos os dados indicavam que iria rematar com o pé direito. O guardião italiano percebeu e escolheu um lado. Na hora de atirar à baliza, Ezequiel fê-lo…com o pé de apoio! A bola levou a direcção certa e depois foi só festejar.

Se alguém se lembrar de repetir o gesto já se sabe: penalties marcados com o pé de apoio são penalties «à Ezequiel».

Fonte maisfutebol

 
Deixe o seu comentário

Publicado por em 26/07/2010 em A magia do Futebol

 

Grande controlo de………… pastilha

 

Abanar a cabeça e estar com os copos não combina!

 
Deixe o seu comentário

Publicado por em 20/07/2010 em Youtube no seu melhor