RSS

Arquivo da Categoria: Grandes Clássicos

Rua sésamo 40 anos…

O que seria da minha pessoa hoje se não tivesse passado a minha infância a ver a rua sésamo. Hoje a rua sésamo faz 40 anos e só tenho pena que a tv portuguesa tenha deixado de transmitir a série, muita coisa seria ensinada à criançada de hoje em dia.

Aqui fica uma recordação.

A Rua Sésamo, baseada num programa infantil da televisão americana “Sesame Street”, começou a ser emitida em Portugal apenas em 1989, tendo estreado nos Estados Unidos a 10 de Novembro de 1969.

Com várias personagens que nos ficam na memória, a Rua Sésamo era um programa educacional que ensinava os mais pequenos de forma divertida, um desses exemplos é a canção do alfabeto em que duas personagens se juntam para animadamente cantar as letras do alfabeto. Para além das alusões aos números, às cores, às formas e até o apelo à tolerância étnica.

Em Portugal, a Rua Sésamo já não é emitida há vários anos na televisão. Mas, nos Estados Unidos este dia é celebrado com o início de uma nova temporada, contando até com a presença da primeira-dama, Michelle Obama. Afinal o dia de hoje é considerado o dia da Rua Sésamo.

Os vários episódios da Rua Sésamo correram o mundo, tendo chegado a mais de 120 países. Os personagens tiveram uma grande projecção fora do programa, sendo criados brinquedos, entre outros produtos relacionados com os bonecos animados.

A Rua Sésamo surgiu a partir de Joan Ganz Cooney e Lloyd Morrisett e para os mais saudosistas, actualmente, este programa conta com um site na internet, onde se podem encontrar vídeos, jogos e uma zona dedicada às personagens desta série infantil. O endereço é http://www.sesamestreet.org .

Para além disso, é de referir que Jim Henson foi o criador dos bonecos animados deste programa infantil, tendo ficado conhecido pela sua outra criação e manipulação de bonecos, em “The Muppet Show”.

in Publico Online

Anúncios
 

Canções com história (U2 – Sunday Bloody Sunday)

U2 são conhecidos pela sua participação activa em causas políticas e humanitárias. Sunday Bloody Sunday é uma das músicas que retrata a luta que a banda e em especial Bono Vox têm tido na defesa dos direitos humanos.

bloody_sunday

Sunday Bloody Sunday, é o nome da canção que os U2 compuseram em 1983 em memória da tragédia que se abateu sobre os irlandeses no dia 30 de Janeiro de 1972 durante uma marcha de protesto pelos direitos civis da Northerm Ireland Civil Rights Association, após a publicação de um decreto do Governo Britânico que permitia a prisão de elementos suspeitos de terrorismo sem julgamento.

Em pleno domingo, milhares de pessoas, muitas crianças e mulheres, reuniram-se no bairro de Creggan com o objectivo de realizar uma marcha de protesto até á praça Guildhall. Entretanto o exército inglês recebe ordens para avançar sobre os manifestantes para prender o maior número de manifestantes e dispersar a manifestação, começando assim o clima de tensão. As tropas britânicas entraram em conflito com os manifestantes e mataram 14 pessoas (6 menores) e deixaram ainda 25 feridas, 5 das vítimas foram alvejadas pelas costas.

Depois do sucedido a imprensa britânica apelidou este dia de Domingo Sangrento (Bloody Sunday) nome da música em questão.

Este dia ficou gravado para sempre na memória de todos aqueles que se manifestam contra a opressão e que lutam pelos direitos humanos. A violência na Irlanda do Norte aumentou exponencialmente.

Quem quiser saber mais pode ver o filme Bloody Sunday de 2002.

Letra:

I can’t believe the news today
I can’t close my eyes and make it go away

How long, how long must we sing this song
How long, how long

Tonight we can be as one, tonight
Broken bottles under children’s feet
Bodies strewn across a dead end street
But I won’t heed the battle call
It puts my back up
Puts my back up against the wall

Sunday bloody Sunday
Sunday bloody Sunday
And the battle’s just begun
There’s many lost, but tell me who has won
Trenches dug within our hearts
And mothers, children, brothers, sisters torn apart

Sunday bloody Sunday
Sunday bloody Sunday

How long, how long must we sing this song
How long, how long
‘Cause tonight we can be as one
Tonight, tonight
Sunday, bloody Sunday
Tonight, tonight
Sunday, bloody Sunday
Tonight, tonight

Wipe the tears from your eyes
Wipe your tears away
I wipe your tears away
I wipe your tears away
Sunday, bloody Sunday
Wipe your blood shot eyes

Sunday, bloody Sunday
Sunday, bloody Sunday
Sunday, bloody Sunday
Sunday, bloody Sunday
Sunday, bloody Sunday

And it’s true we are immune
When fact is fiction and T.V. reality
Sunday, bloody Sunday
And today the millions cry
Sunday, bloody Sunday
We eat and drink while tomorrow they die
Sunday, bloody Sunday
The real battle just begun
Sunday, bloody Sunday
To claim the victory Jesus won

On a Sunday, bloody Sunday
Sunday, bloody Sunday

 

Nunca mais é Quinta Feira!!!

Pearl Jam – Oceans

Letra:
Hold on to the thread
The currents will shift
Glide me towards…
You know somethings left
And were all allowed
To dream of the next oh, ohh the next,
Time we touch…

Oooh… (4x)

You dont have to stray
Tho oceans away
Waves roll in my thoughts
Hold tight the ring…
The sea will rise…
Please stand by the shore…
Oh, oh, oh, I will be…
I will be there once more…

Oooh… (4x)
Uh huh, oh yeah… (2x)

 
 

Pearl Jam – Jeremy (1992)

Música original dos Pearl Jam(PJ) incluída no álbum de estreia “Ten” de 1992. Esta música tem uma história especial e desconhecida por muitos, mas que todos os verdadeiros fãs de PJ já devem saber.

Esta música foi escrita por Eddie Vedder (Vocalista de PJ) em memória a um colega de escola chamado Jeremy Wade Delle.

Jeremy Wade Delle a 8 de Março de 1991 com 15 anos entrou na sala de aula onde se encontrava toda a sua turma e professora, munido de uma arma, suicidou-se com um tiro na cabeça em frente a toda a gente que incluía Eddie Vedder e Jeff Ament (Baixista de PJ).
Jeremy sofria constantemente de violência física e psicológica por parte dos colegas (bullying), razão para este fatídico acto.

Pearl Jam fizeram um grande tributo a Jeremy, a musica e video retratam tudo o que falei.

Acustico e legendado

Letra:

At home, drawing pictures of mountain tops
With him on top lemin yellow sun, arms raised in a v
And the dead lay in pools of maroon below
Daddy didnt give attention
Oh, to the fact that mommy didnt care
King jeremy the wicked…oh, ruled his world…
Jeremy spoke in class today… (2x)

Clearly I remember pickin on the boy
Seemed a harmless little fuck
Ooh, but we unleashed a lion…
Gnashed his teeth and bit the recess ladys breast…
How can I forget?
And he hit me with a surprise left
My jaw left hurtin…ooh, dropped wide open
Just like the day…oh, like the day I heard

Daddy didnt give affection, no…
And the boy was something that mommy wouldnt wear
King jeremy the wicked…oh, ruled his world
Jeremy spoke in class today… (3x)
Woo… (14x)
Try to forget this…try to forget this…
Try to erase this…try to erase this…
]from the blackboard…

Jeremy spoke in class today… (2x)
Jeremy spoke in, spoke in… (2x)
Jeremy spoke in class today…
Woo… (29x)
Woooooohhh…spoke in, spoke in…
Woooooohhh…uh huh, uh huh…

 

Bob Dylan – Like a Rolling Stone

Grande som e grande clássico, esta que foi para a revista Rolling Stone a melhor musica de sempre, num top das 500 melhores musicas de sempre feito em 2004

 

Joy Division – Love Will Tear Us Apart (1987)

Letra:
When the routine bites hard
And ambitions are low
And the resentment rides high
But emotions wont grow
And were changing our ways,
Taking different roads
Then love, love will tear us apart again

Why is the bedroom so cold
Turned away on your side?
Is my timing that flawed,
Our respect run so dry?
Yet theres still this appeal
That weve kept through our lives
Love, love will tear us apart again

Do you cry out in your sleep
All my failings expose?
Get a taste in my mouth
As desperation takes hold
Is it something so good
Just cant function no more?
When love, love will tear us apart again

Ja agora fica AQUI uma noticia que até tem a ver com os Joy Division

 

Etiquetas:

Pearl Jam – Black (1992) Legendado, lolol

letra:
Sheets of empty canvas, untouched sheets of clay
Were laid spread out before me as her body once did
All five horizons revolved around her soul
As the earth to the sun
Now the air I tasted and breathed has taken a turn
Ooh, and all I taught her was everything
Ooh, I know she gave me all that she wore
And now my bitter hands chafe beneath the clouds
Of what was everything?
Oh, the pictures have all been washed in black, tattooed Everything…

I take a walk outside
I’m surrounded by some kids at play
I can feel their laughter, so why do I sear
Oh, and twisted thoughts that spin round my head
I’m spinning, oh, I’m spinning
How quick the sun can, drop away
And now my bitter hands cradle broken glass
Of what was everything
All the pictures have all been washed in black, tattooed everything…

All the love gone bad turned my world to black
Tattooed all I see, all that I am, all I’ll be…yeah…
Uh huh…uh huh…ooh…

I know someday you’ll have a beautiful life, I know you’ll be a star
In somebody else’s sky, but why, why, why
Can’t it be, can’t it be mine